sábado, 13 de abril de 2013

Ódiódiódiódiódio...



Kiridu laytor (acho que só eu mesmo que leio, além dos amigos que têm dó de mim, mas enfim...), a diquinha é bem simples:

Se hoje é aquele seu dia em que quer apertar o temido botão "Foda-se", faça-o pensando nas consequências. Ou você tem muito sangue frio e realmente não tá nem aí, ou você se caga todo(a) com pavor de uma retaliação.

A verdade é que a segunda opção é a mais comum e vantajosa. Logo, tenha um dia de fúria comportado. Afinal, algum tempo depois, as coisas voltam ao normal e você recomeça a acumular seu ódio nesse ciclo vicioso e pseudoimprudente.

O que é a vida sem a raiva, né? Renove-a de tempos em tempos. Haverá sempre motivos para sua existência. Veja isso como um desafio à criatividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário