domingo, 7 de abril de 2013

Ataque dos praticamente clones


Sim, sou do roquenrrou, adoro barulho e claro, tenho muitos amigos e colegas - talvez a maioria - que curtem também. Por sua vez, desse grupo, quase a totalidade gosta de mostrar seu gosto pelos ruídos, tem orgulho e tal. Isso é normal, beleza!

Já eu não faço questão não. Fico na minha, não sou do tipo que usa camisetas de bandas nem nada (só quando está frio ou quando não tem outra mesmo).

Enfim, tudo isso pra dizer que, há uns anos, estava conversando com um cara que dizia que um fã de rock pesado que não usava camisetas não tinha personalidade. Era algo assim, disso me recordo bem.

E aí vai a provocação: não tem personalidade quem não faz questão de mostrar seus gostos, ou quem é/faz esteriótipo, como era especificamente o caso nessa discussão (já deixando bem claro que o "esteriótipo" é pra esse cidadão, e não pras outras pessoas)?

Na boa, sou muito mais não ficar preso a esse estilo de vida, não ficar preso a coisas assim. Respeito demais meus amigos/colegas que usam roupas pretas e tudo mais - cada um escolhe o seu modo de vida, correto? -, mas no meu caso, não quero, não preciso disso pra dizer que sou fã de boa música.


Personalidade: crie já a sua!





PS: não ficar preso a ideias é um assunto que deve e provavelmente será mais trabalhado adiante.


Um comentário:

  1. Você não usa preto, você usa cinza! ta tum pshhhhhhhh

    ResponderExcluir